ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE COBERTURAS VERDES

Rua João da Maia nº 540
4475-643 Maia
(00351) 931 645 040
baseancv@gmail.com

 

Associação Nacional de Coberturas Verdes

A ANCV (Associação Nacional de Coberturas Verdes) é uma Associação da Sociedade Civil, sem fins lucrativos, que tem como objectivo a promoção das infra-estruturas verdes nas cidades, principalmente aquelas que se podem instalar em edifícios (novos ou pré-existentes) como são as coberturas verdes, evidenciando a sua enorme importância, e os inúmeros contributos que podem dar para que seja possível criar territórios urbanos saudáveis, sustentáveis, biodiversos e resilientes.

 

EQUIPA

Prof. Doutor Silva Afonso
Presidente Ass. Geral

Membro Conselheiro e Especialista em Engenharia Sanitária pela Ordem dos Engenheiros. Engenheiro Civil (FEUP), Doutorado em Engenharia Civil (Hidráulica, Recursos Hídricos e Ambiente). Lecionou na FCTUC e no ISEC, sendo atualmente Professor Catedrático Aposentado (Convidado) do Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro. É autor de três livros técnicos e 160 artigos em revistas e congressos internacionais. Exerceu funções na administração pública como Diretor Regional do Ambiente da Região Centro, Presidente da Comissão de Coordenação da Região Centro e Presidente do Conselho Diretivo do Centro de Estudos e Formação Autárquica. É fundador e atual Presidente da Direção da ANQIP (Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais), e fundador da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos (APRH) e da Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV). Perito convidado da Comissão Europeia no âmbito da eficiência hídrica em edifícios. É o atual Presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Engenheiros na Região Centro.

Prof. Doutora Cristina Branquinho
1º Secretário

Licenciada em Biologia e Doutorada em Ecologia pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Atualmente é Professora Associada da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e pertence ao cE3c, Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais. Lidera o grupo de Ecologia das Alterações Ambientais onde, entre outros temas, desenvolve investigação na área da ecologia urbana. Nomeadamente na importância que as infraestruturas verdes urbanas têm para o fornecimento de vários serviços de ecossistemas, tais como, a purificação do ar, a regulação climática, a infiltração de água, a proteção do solo e o bem-estar humano. Nesse âmbito têm ainda interesse no desenvolvimento de coberturas verdes ecológicas e sustentáveis em ambientes com pouca disponibilidade hídrica.

Prof. Doutor António Tadeu
2º Secretário

Doutorado em Engenharia Civil pelo Massachusetts Institute of Technology em Boston nos Estados Unidos, onde esteve posteriormente um ano como investigador convidado.

Atualmente é professor universitário na Universidade de Coimbra e presidente da direção da ITeCons.

Engº Paulo Palha
Presidente

Paulo Palha é licenciado em Engenharia Agronómica pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal. A sua carreira profissional ao longo dos últimos 20 anos tem sido focada nos espaços verdes e no design ecológico, com uma forte componente de investigação. Actualmente, é Director da empresa Neoturf Espaços Verdes Lda, que é membro da International Green Roof Association (IGRA). É também fundador da empresa Landlab Lda, e Presidente da Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV). Ao longo da sua carreira já coordenou mais de 300 projectos de jardins e mais de 100 projectos de coberturas verdes em Portugal e no estrangeiro. Também desenvolveu competências de ensino e consultoria, tendo orientado diversos estágios académicos e teses de mestrado, realizando diversos cursos sobre coberturas verdes em Portugal e no estrangeiro. Já foi distinguido com vários prémios e o seu trabalho é reconhecido a nível nacional e internacional.

 

Prof. Doutora Teresa Afonso do Paço
Vice-Presidente

Licenciada e com doutoramento em Engenharia Agronómica pelo Instituto Superior de Agronomia. Atualmente é professora auxiliar de recursos hídricos no ISA. Foi coordenadora do estudo pioneiro NativeScapeGR, que explorou o tema das espécies autóctones adaptadas a coberturas verdes extensivas. No seu curriculum conta com uma vasta lista de artigos científicos, capítulos de livros e comunicações em conferências nacionais e internacionais. 

Arqª Ana Mesquita
Tesoureiro

Licenciada e com mestrado em Arquitetura Paisagista pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, tendo realizado parte do seu percurso académico na cidade de Copenhaga, na Dinamarca, como bolseira do programa Erasmus. O seu percurso profissional teve foco nas Coberturas Verdes, nomeadamente no desenho, conceção e aconselhamento de projeto. É atualmente coordenadora geral da empresa Landlab lda. Frequentemente realiza Workshops e Ações de formação sobre Coberturas e Paredes Verdes.

Prof. Doutor Luís Calafate
Pres. Conselho Fiscal

Professor no departamento de Biologia da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, interessa-se pela exploração das dimensões da sustentabilidade urbana, compreensão da estrutura, dinâmicas e funções dos ecossistemas urbanos. As suas áreas de investigação englobam coberturas verdes extensivas, engenharia ecológica de paredes e defende que a biodiversidade urbana tem um papel crucial na biodiversidade global. Conta com a participação em diversos artigos científicos, projetos e conferências desenvolvidos nas áreas das tecnologias, sustentabilidade e biodiversidade.

Engª Maria João Pedrosa
1º Vogal Conselho Fiscal

Licenciada em Engenharia Biológica pela Universidade do Minho. Desde o ano 2000 que presta serviço na Câmara Municipal, tendo em 2007 assumido o cargo de chefe de Divisão de Ambiente que atualmente mantém. Em 2016, conclui com 19 valores o Mestrado em Biotecnologia e Inovação na Escola Superior de Biotecnologia do Porto da Universidade Católica subordinada ao tema “Potencial de instalação de coberturas verdes no Concelho da Maia”. Desde 2013 que se tem dedicado ao tema das coberturas verdes, tendo elaborado e aprovado no Município da Maia a Estratégia Municipal de Fomento de Coberturas Verdes que se encontra em implementação, através de um conjunto casto de ações e do apoio de uma equipa técnica da Divisão de Ambiente entusiasmada com este mecanismo de promoção do desenvolvimento sustentável e harmonioso do território.

Prof. Doutor Mário Reis
2º Vogal Conselho Fiscal

Doutorado em Ciências Agrárias, pela Universidade do Algarve na especialidade de Produção Vegetal, com um estudo sobre o tema: “Compostagem e caracterização de resíduos vegetais para utilização como substratos hortícolas”. Professor Auxiliar da UALg na Faculdade de Engenharia de Recursos Naturais, desde 1997, em áreas de Agronomia: horticultura e compostos de resíduos agroindustriais e florestais.

Coordenou e participou em projetos de IE&D, nacionais e internacionais sobre cultivos sem solo e compostos orgânicos como substratos hortícolas.

No seu currículo conta, também, com colaborações e participações em comissões organizadoras e científicas, estágios e teses, revistas científicas nacionais e internacionais, painéis e capítulos de livros, em temas relacionados com horticultura, compostos e substratos

É membro da Associação Portuguesa de Horticultura e da International Society for Horticultural Science.

Beatriz Castiglione
Arquitecta Paisagista

Beatriz Castiglione é licenciada e possui mestrado em Arquitectura Paisagista pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP), tendo realizado parte do seu percurso académico na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UFRJ), ao abrigo de um programa de mobilidade. Em 2014 foi bolseira de investigação do CIBIO (Research Center for Biodiversity and Genetic Resources), no Porto, onde fez investigação sobre o tema das hortas urbanas. Em 2015 trabalhou no Equador e no Brasil, onde esteve envolvida em diferentes projectos de Arquitetura Paisagista de diferentes escalas. Desde a sua dissertação académica a sua carreira profissional tem sido focada na paisagem urbana, em como desenhar cidades inclusivas, e no efeito do contacto com a natureza e da construção de espaços públicos de qualidade para o bem estar dos cidadãos. Desde agosto de 2016 trabalha na Associação Nacional de Coberturas Verdes (ANCV) no Projecto Quinto Alçado do Porto (PQAP), sendo responsável também pela gestão e promoção da Associação.  

Maria Inês Sousa
Estagiária curricular

Licenciada em Arquitetura Paisagista pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Atual estagiária curricular na Associação Nacional de Coberturas Verdes - ANCV para obtenção do grau de Mestre em Arquitetura Paisagista, em colaboração para o Projeto Quinto Alçado do Porto.
Colabora também no Núcleo de Arquitetura Paisagista do Porto - Planear, enquanto coordenadora do departamento de Formação, Emprego e Empreendedorismo.

Visão 

Problemas como a poluição, índices de impermeabilização dos solos, densidade e qualidade das construções, ineficiência energética e perda da biodiversidade, têm-se agravado nas últimas décadas, coincidindo com fenómenos climáticos extremos, e cada vez mais frequentes, tais como ondas de calor/seca e fenómenos de precipitação extrema. 

A evidência dos inúmeros serviços que as coberturas verdes podem trazer para o ambiente urbano, faz com que estas sejam parte da estratégia ambiental das cidades modernas, sendo já uma obrigação em cidades como Copenhaga, e altamente incentivadas por diversos governos um pouco por todo o mundo.

A retenção de precipitação e atraso do pico de cheia, o isolamento térmico, a proteção e aumento do tempo de vida da impermeabilização, a criação de nichos de biodiversidade, a captação de CO2 e produção de oxigénio; associados à melhoria da paisagem urbana e valorização dos edifícios, fazem parte do conjunto de argumentos de inegável valor que tornam inquestionável a necessidade de introdução das coberturas verdes nas cidades, demonstrando a urgente necessidade de se considerar a vegetação como um obrigatório material de construção.

MISSÃO

A ANCV desenvolve um conjunto de ações, tais como:

- Promoção, junto do Governo e dos Municípios, das coberturas verdes como parte das estratégias ambientais e energéticas;

- Promoção e divulgação de estudos científicos que demonstrem os inúmeros serviços que as coberturas verdes proporcionam;

- Estabelecimento de relações e desenvolvimento de trabalhos com as associações congêneres a nível europeu, com um foco especial nas que partilham as condições climáticas típicas do mediterrâneo;

- Criação de uma base de dados nacional de coberturas verdes; 

- Organização e promoção de eventos de formação e divulgação;

- Edição de especificações técnicas que promovam bons projetos e boas obras;

- Divulgação de estudos, normas e guias técnicos nacionais e internacionais;

- Participação na criação e revisão da regulamentação e legislação nacional do sector.

ÓRGÃOS SOCIAIS 

 

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Presidente: Prof. Doutor Silva Afonso

1º Secretário: Prof. Doutora Cristina Branquinho

2º Secretário: Prof. Doutor António Tadeu

DIRECÇÃO

Presidente: Engº Paulo Palha

Vice-Presidente: Prof. Dra. Teresa Afonso do Paço

Tesoureiro: Arqa Ana Mesquita

CONSELHO FISCAL

Presidente: Prof. Doutor Luís Calafate

1º Vogal: Engª Maria João Pedrosa

2º Vogal: Prof. Doutor Mário Reis

 

TORNAR-SE SÓCIO DA ANCV 

Quota anual: Efetivos individuais: 30 € | Efetivos coletivos, com volume de faturação superior a 500.000€: 500€

Efetivos coletivos, com volume de faturação inferior a 500.000€: 250€ |Isenção de Quotas para Membros Institucionais e Estudantes  

© 2017 Associação Nacional de Coberturas Verdes | by Thesign